Go to Top
Posts Recentes
glicopan pet id
cama-baú-id
Pill Food - id
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
zasłonka_szafa_garderoba_kokopelia_-32

Como fazer: banho de brilho com tinta para cabelos loiros

banho-brilho-tinta-cabelo-loiro

Imagem: salonperfection.ru

Esse é um post que surgiu a partir das dúvidas do post Como fazer banho de brilho com tinta. As leitoras perguntam se os cabelos loiros também podem ter a cor realçada com um banho de brilho com tinta, e a resposta é sim! É bem simples de fazer, veja só.

Ingredientes:

  • ½ tubo de tinta (da cor exata do cabelo)
  • 3 colheres(sopa) de creme branco

Essa é a receita tradicional, mas há variações. Se você quiser mais hidratação, pode acrescentar queratina líquida ou Bepantol solução. Se quiser mais fixação da cor, inclua 20ml de água oxigenada volume 20 – mas saiba que vai estragar um pouco o cabelo.

Modo de Fazer:

Lave os cabelos com shampoo antirresíduos, tire o excesso de água com uma toalha e aplique a mistura mecha por mecha. Deixar agir por 30 minutos.

Depois, é só enxaguar bem os cabelos – sem usar shampoo de novo – e aplicar condicionador.

Essa receita eu peguei na internet, em vários sites, e fiz com base numa compilação das que eu achei as melhores. Nem eu nem a Cláudia testamos, por isso não podemos dar nossa opinião sobre ela, ok?

Detalhe: não se faz banho de brilho em cabelo descolorido – estilo loira platinada -, pois a tinta, mesmo clara, vai acabar escurecendo a tonalidade geral.

Também não deve ser feito em cabelos com mexas, só em cabelos uniformemente tingidos.

Então, apesar de algumas restrições, o banho de brilho em cabelos loiros pode ser uma opção para quem quer revitalizar o loiro que ficou um pouco desbotado.

Beijos!

3 Comentários, deixe o seu!

Ir ao salão de beleza ou fazer em casa?

Imagem: shearlist.co

Imagem: shearlist.co

Você acha que é melhor ir ao salão de beleza ou se cuidar em casa, sozinha mesmo? Queria falar um pouco sobre esse assunto hoje, e compartilhar minhas reflexões com vocês.

Pensei em fazer esse post depois da minha última tintura no salão. Vou explicar bem rapidinho: meu cabelo está um castanho médio (um pouco menos) no comprimento até as pontas, e a raiz (uns três dedos) estava ficando mais clara com aplicações sucessivas de shampoos colorantes (já apliquei o Casting e o Olia). Bem, como a Cláudia – minha cabeleireira eventual – estava sem tempo para pintar o meu cabelo, fui a um salão, com minha cabeleireira de confiança, e pedi que igualasse a cor. Eu falei que precisava ser um castanho médio, pois era essa a cor do comprimento. Ela disse que não, que ia ficar muito escuro para mim, etc etc. Aplicou um castanho claro. Resultado: a raiz não igualou, ficou um pouco mais clara que o comprimento.

Fiquei meio chateada na hora, e comecei a refletir se vale a pena ou não fazer coisas de salão em casa. Queria, então, dividir minhas considerações com vocês.

Quando é melhor fazer em casa

A mudança é pequena

Em situações de pequenas mudanças, a gente pode se arriscar a fazer sozinha. Era o caso da tintura que eu mencionei. Acontece que eu já apliquei tinta sozinha, e, não que seja impossível, mas é bem difícil e leva um tempo imenso. Por isso não faço mais.

Quando a gente tem tempo

Esse é o fator, na minha opinião, fundamental. Estou numa fase que não tenho uma tarde livre para fazer as unhas, pintar o cabelo, em casa. Fazer as coisas em casa – ainda mais sozinha – é demorado. Por mais que eu ache legal fazer essas coisas sozinha, além do que tenho o blog e amo testar processos para comentar aqui, não tenho ânimo nem de pensar em fazer tudo isso quando chego em casa do trabalho. Então, se você tem tempo, disponibilidade, gosta de fazer, não precisa gastar com salão. Isso me leva ao próximo item.

Quando a gente quer economizar

Nem preciso dizer que fazer em casa é bem mais barato do que ir ao salão, né gente? Para quem não quer gastar muito, uma ótima forma de economizar é fazer tudo em casa, sozinha ou com uma amiga.

Quando é preciso ir ao salão

Quando a mudança é grande ou o procedimento é difícil

A não ser que você seja muito profissional, não vai se arriscar a fazer uma progressiva no cabelo todo em casa, não é mesmo? Eu até já fiz uma progressiva na franja, como comentei aqui; mas foi só na franja, o que é fácil.

Luzes, progressiva, depilação, acho que esses procedimentos são muito complicados para fazer em casa. Buscar um profissional é importante nesses casos – embora não seja garantia de um resultado satisfatório, já que mesmo o profissional pode te desapontar.

Falta de tempo

Como já falei, é a minha situação atualmente. Quero ir ao salão e fazer pé, mão, tintura, tudo ao mesmo tempo! Vou em horários que não tenho energia para mais nada, a não ser ficar ali sentada como uma estátua, como no final do expediente. Quem trabalha e estuda (meu caso) tem que se conformar em delegar tarefas, e procedimentos de beleza é uma delas.

Eu adoro fazer essas coisas sozinha, ainda mais, como eu já falei, por causa do blog. Mas, nem sempre dá. Nesse momento, considerando minha vida atual, a conclusão é: ir ao salão é o melhor, mesmo passando por situações como a que comentei com vocês.

Gente, fica o meu desabafo, beijos!

Deixe seu comentário!

Meu cronograma para lavar pincéis de maquiagem

cronograma para lavar pinceis

Imagem: dmvsgotstyle.com

Oi gente! Nós já mostramos nesse post como é que fazemos para lavar os pincéis de maquiagem, correto? Então, hoje esse post é para falar um pouco mais do assunto, mais especificamente da importância de fazer disso uma rotina.

É claro que a gente não gosta de pensar nisso, mas os pincéis que a gente usa constantemente vão juntando um monte de bactérias. Pense bem: a gente aplica o pincel no rosto – que nem sempre está limpinho –, depois pega novamente a maquiagem com o mesmo pincel. Com isso, o pincel acaba transportando as bactérias do rosto para a maquiagem e vice-versa. O resultado? Uma pele com cravos e espinhas.

Além disso, ainda tem a questão da mistura de cores que pode acontecer no pincel que usamos para aplicar a sombra. Para evitar ao máximo essa mistura, eu uso um pincel para cores claras, um para cores escuras e um só para o preto. Também procuro limpar bastante antes de colocar de uma cor na outra. Mesmo assim, a cor vai impregnando no pincel e, se ele não for lavado, vai prejudicar a qualidade da maquiagem. Por tudo isso, é bom lavar os pincéis de maquiagem com bastante frequência.

Como eu sempre esquecia de lavar os meus pincéis, e seguindo meu objetivo de ser uma pessoa mais organizada, resolvi há uns meses fazer um cronograma para lavar pinceis, e estou tentando seguir. Ficou assim:

Semanalmente: lavar os pincéis de maior uso – no meu caso de pó, corretivo, blush, todos os de sombra.

Quinzenalmente: lavar também os pincéis de sobrancelha, batom (uso relativamente pouco) e iluminador.

Mensalmente: lavar todos os pincéis, mesmo que não tenham sido usados nenhuma vez naquele mês, já que só de ficarem guardados podem ter juntado alguma sujeira ou mofo.

Escolhi a segunda-feira para esse processo todo, já que eu raramente vou usar meus pincéis de sombra na segunda à noite, e os outros pincéis posso substituir por uma esponja até que todos eles sequem.

Beijos!

Deixe seu comentário!

Teste: delineador em gel Ruby Kisses

O teste de hoje é com o delineador em gel da Ruby Kisses. Veja o produto:

Eu achei ele ótimo. Principalmente pela textura, comprei faz um tempinho e como dá pra ver usei algumas vezes, e até agora ele não endureceu nadinha. (Quando endurecer seu delineador em gel siga nossas dicas.)

Ele vem bastante produto, comparado com outras marcas. E eu paguei R$ 29,00. A pigmentação é boa e durou bastante.

Uma dica para não ficar com aquele “carimbo” de delineador quando abrimos o olho: logo após usar o delineador passe uma sombra preta com um pincel fino por cima. Isso ajuda a durar mais, e diminui o efeito “carimbo”.

Para quem tem dificuldade em delinear os olhos, o delineador em gel é uma ótima opção.

Espero que tenham gostado do post. Beijos!

Deixe seu comentário!

Página 2 de 2912345...