Go to Top
Posts Recentes
glicopan pet id
cama-baú-id
Pill Food - id
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
zasłonka_szafa_garderoba_kokopelia_-32

Teste: Glicopan Pet para hidratar os cabelos

A dica de hoje é de um produto para quem está precisando dar uma potencializada na hidratação dos cabelos: se chama Glicopan Pet.

Como você já percebeu, o produto tem Pet no nome – portanto, é para uso animal. É uma vitamina para cães e gatos. Mas, calma: a gente só vai passar nos cabelos, então não tem problema!

Eu já tinha visto muitos blogs elogiando o Glicopan Pet, mas demorei para comprá-lo. Não queria usar nos cabelos um produto para uso animal. Até que não resisti e testei.

Deixando de lado qualquer suspense, já digo que adorei. Ele deixou o cabelo macio e hidratado, e a sensação de hidratação no cabelo durou bastante.

Como usar

É só comprar o produto – vendido em pet shops, paguei R$ 18,00 –, misturar no creme de sua preferência e aplicar nos cabelos (para o passo a passo de uma hidratação potencializada, confira esse post).

Eu usei duas tampinhas do próprio produto como medida, e acho que foi o suficiente.

O pior aspecto dele é o cheiro: parece ração de cachorro. Mas não ficou nada no cabelo depois (vi meninas de outros blogs dizendo que o cheiro ficou, então usei um condicionador bem perfumado por cima, que tirou totalmente o cheiro).

Ele tem uma cor marrom e é bem líquido. Depois de passar no creme, a textura fica bastante diferente, mais mole que o normal. O creme branco fica todo bege.

O melhor é deixar nos cabelos uns 15 minutos apenas. Recomenda-se não passar de vinte, já que o excesso de vitaminas também pode ser danoso. Além disso, deixar uns três dedos de distância da raiz, também por causa do excesso de vitaminas.

Gente, foi super aprovado, recomendo muito. Já usei três vezes, em três finais de semana seguidos, e meu cabelo hidratou de forma impressionante. Vale a pena fazer um teste.

3 Comentários, deixe o seu!

Teste: Pill Food funciona?

Há mais ou menos dois meses comecei a tomar Pill Food, e nesse post vou falar do resultado.

Pill Food

Meu pote de Pill Food, já no fim.

Sobre as características dele já fiz um post inteirinho – lá, além de informações sobre o Pill Food, tem uma comparação entre a fórmula dele e a do Pantogar. Assim, vou pular essa parte.

Agora, deixando o suspense de lado, já vou dizendo que adorei o Pill Food.

Não tive efeito colateral algum – se bem que ele é só um suplemento, e suplementos geralmente não causam problemas.

Demorei um tempinho para perceber alguma diferença nos cabelos. Acho que um mês mais ou menos. Então, notei os fios mais fortes e brilhantes. Mas não era o fio todo: apenas uns quatro a cinco dedos a partir da raiz. Com o tempo, essa “força” foi se estendendo ao longo do fio. Foi como se o cabelo estivesse sendo reestruturado de dentro para fora.

Talvez alguém possa achar essa explicação meio estranha, e é possível que seja apenas uma impressão minha. Mas, como foi uma impressão bem forte, achei importante deixar registrado.

Quanto às unhas, não percebi qualquer diferença.

O preço varia muito: eu paguei R$ 70,00 em um pote para três meses (são duas cápsulas ao dia).

O Pill Food foi super aprovado. Devo admitir que tinha muito medo de tomá-lo, principalmente depois da experiência não muito boa que tive com o Pantogar, sobre a qual falei aqui. Mas o Pill Food foi tão bom, fez uma diferença tão grande no meu cabelo, que fico me perguntando por que não usei antes.

6 Comentários, deixe o seu!

A saga do cabelo platinado – parte 4 (descolorante por cima da tinta)

 Oi gente! Resolvi fazer este post porque algumas leitoras do blog me perguntaram sobre a minha cor atual de cabelo, que está assim:

Eu fiz alguns posts sobre a minha tentativa de ficar loira platinada usando tinta. Se você ainda não leu, aqui estão os links:

A saga do cabelo platinado – parte 1 (tinta alfaparf 11.21)

 A saga do cabelo platinado – parte 2 (tirando o amarelo do cabelo loiro)

 A saga do cabelo platinado – parte 3 (tirando o chumbado do cabelo)

Após todo esse processo, eu achei que ainda não estava loiro do jeito que eu queria, então passei descolorante no cabelo todo (por cima do cabelo já tingido anteriormente). Usei descolorante e água oxigenada volume 40 da Yamá (na proporção: duas quantidades de água oxigenada para uma quantidade de pó descolorante). Deixei agir no cabelo por 40 minutos, sempre olhando como estava ficando e dando umas puxadinha para ver se arrebentava.

Fiz antes um teste de mecha e meu cabelo aceitou bem, por isso apliquei nele todo. Não aplique o descolorante no cabelo antes de fazer um teste de mecha, ele é muito importante,  é um tempinho que perde mas pode salvar seu cabelo de um corte químico. Se o seu cabelo tiver luzes faça o teste pegando uma mecha que tenha o seu cabelo natural e também as luzes, pode ser que o seu cabelo aguente a descoloração apenas onde não tem as luzes.

Após descolorir o cabelo, tentei fazer pelo menos o retoque de raiz com tinta (usei a Lóreal Imédia Excellence Louro Muito Muito Claro Acinzentado Nº 03), mas não ficou igual, então apliquei descolorante de novo (apenas na raiz), por 40 minutos. E assim eu consegui igualar ele todo.

Após todas essas tentativas cheguei a conclusão que para ficar bem loiro, como eu gosto, só com o descolorante mesmo. Nem precisava ter passado por todas aquelas tentativas com a tinta.

Faço o retoque de raiz 1 vez por mês, quando vai chegando o dia do retoque fica com aquela raiz mais escura, mas loira platinada é isso mesmo, impossível não ter uma raiz mais escura de vez em quando.

Eu mantenho a cor com um shampoo violeta. Quando vejo que está um pouco amarelo eu uso o shampoo e volta a ficar claro.

Algumas dicas pessoais: não deixe para descolorir o cabelo (ou retocar a raiz) no dia em que você quer estar linda, o couro da cabeça fica muito branco, pois o descolorante clareia a pele também, chama muita atenção, eu costumo descolorir na segunda quando quero a raiz perfeita para o final de semana.

Outra dica que eu dou é: não penteie o seu cabelo molhado, estranho né, mas eu percebi que o cabelo úmido arrebenta muito quando penteado, eu deixo secando naturalmente, se não tenho que sair, ou seco totalmente no secador, quando não tenho tempo. Se o seu cabelo precisa ser penteado logo após o banho use um creme para pentear, ajuda bastante.

Não preciso nem falar da importância de hidratar os cabelos né. Eu não gosto muito de hidratar, mas quando vejo a diferença que faz, com certeza vale aqueles minutinhos de cuidado.

Dá trabalho, mas estou gostando tanto do meu cabelo assim que eu acho que vale a pena. 

Beijos e até nosso próximo post!

1 Comentário, deixe o seu!

Teste: Tratamento Fortificante Avon Advance Techniques

Oi gente! Hoje vou fazer uma resenha sobre o Tratamento Fortificante da Avon, o Advance Techniques com Arginina.

Avon tônico capilar

Como vocês podem ver, ele vem em uma embalagem de 150 ml; simples e bonitinha.

O objetivo principal do produto é diminuir a queda de cabelo.

Estou usando o Tratamento Fortificante da Avon faz uns dois meses, então já deu para perceber o resultado. Antes, vou falar um pouquinho sobre a maneira de aplicá-lo.

Formas de uso

Uma característica bem legal desse produto é que dá para usar de várias maneiras. Pode ser passado na raiz, nas pontas, com os cabelos úmidos ou secos. Só não recomendo passar na raiz com o cabelo seco – a única vez que fiz isso fiquei toda descabelada e com a raiz meio oleosinha. No mais, costumo sempre passar nas pontas quando o cabelo está meio frizado.

Mas o principal uso é mesmo nas raízes com os cabelos úmidos.

Resultado

Gente, eu estou adorando o produto. Sério, já testei muita coisa para diminuir a queda e ele foi um dos únicos que percebi um resultado visível. A queda diminuiu, o que significa menos fios no chão, na escova, no travesseiro…

Quando a gente passa ele na raiz do cabelo, sente um “calorzinho”, tipo quando a gente usa aqueles batons que aumentam os lábios, sabem? Ele esquenta as raízes – provavelmente por conta da Arginina – dando a impressão de que o sangue está circulando com vontade no couro cabeludo.

Esse post e está parecendo mais um publi post, mas não é não, viu pessoal? Eu comprei o produto e a Avon não está me pagando nadinha. É que eu gostei mesmo do resultado, e acho legal falar quando um produto deu bem certo.

É isso, o Tratamento Fortificante da Avon Advance Techniques com Arginina foi super aprovado. Ele é bem baratinho – acho que paguei R$ 16,00 – então super recomendo. Beijos!

4 Comentários, deixe o seu!

Como fazer: banho de brilho com tinta para cabelos loiros

banho-brilho-tinta-cabelo-loiro

Imagem: salonperfection.ru

Esse é um post que surgiu a partir das dúvidas do post Como fazer banho de brilho com tinta. As leitoras perguntam se os cabelos loiros também podem ter a cor realçada com um banho de brilho com tinta, e a resposta é sim! É bem simples de fazer, veja só.

Ingredientes:

  • ½ tubo de tinta (da cor exata do cabelo)
  • 3 colheres(sopa) de creme branco

Essa é a receita tradicional, mas há variações. Se você quiser mais hidratação, pode acrescentar queratina líquida ou Bepantol solução. Se quiser mais fixação da cor, inclua 20ml de água oxigenada volume 20 – mas saiba que vai estragar um pouco o cabelo.

Modo de Fazer:

Lave os cabelos com shampoo antirresíduos, tire o excesso de água com uma toalha e aplique a mistura mecha por mecha. Deixar agir por 30 minutos.

Depois, é só enxaguar bem os cabelos – sem usar shampoo de novo – e aplicar condicionador.

Essa receita eu peguei na internet, em vários sites, e fiz com base numa compilação das que eu achei as melhores. Nem eu nem a Cláudia testamos, por isso não podemos dar nossa opinião sobre ela, ok?

Detalhe: não se faz banho de brilho em cabelo descolorido – estilo loira platinada -, pois a tinta, mesmo clara, vai acabar escurecendo a tonalidade geral.

Também não deve ser feito em cabelos com mexas, só em cabelos uniformemente tingidos.

Então, apesar de algumas restrições, o banho de brilho em cabelos loiros pode ser uma opção para quem quer revitalizar o loiro que ficou um pouco desbotado.

Beijos!

3 Comentários, deixe o seu!

Página 1 de 612345...