Go to Top
Posts Recentes
glicopan pet id
cama-baú-id
Pill Food - id
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
zasłonka_szafa_garderoba_kokopelia_-32

Teste: Loiro Mate tira o vermelho dos cabelos? (fotos antes e depois)

Dizem que loiro mate tira a tinta vermelha dos cabelos. Como tinha cabelos vermelhos e queria mudar a cor, testei a tinta mate, e vou mostrar o resultado nesse post.

A teoria

Para tentar tirar o vermelho, pesquisei bastante na internet,  e vi muita gente dizendo que é bom usar loiro mate para isso. Mas, por quê?

Acontece que o loiro mate seria a cor ideal para neutralizar o vermelho, já que ele tem um fundo verde, e o verde neutraliza o vermelho (vermelho e verde são cores opostas). Achei meio confuso isso, mas tudo bem.

Só lembrando que a tinta mate não é para tirar o vermelho, e sim neutralizar o vermelho (tirar a tinta só decapando: veja mais no post Decapagem: clareando cabelos pretos e vermelhos). Bom, agora que já falamos a teoria, vamos ver como funciona na prática?

A tinta: Louro mate médio da koleston (nº 72)

Acabei jogando fora a caixinha antes de tirar foto, mas não faz mal, essa é uma foto publicitária do produto:

Resultado:

Vejam as fotos do antes e depois:

222

33

O que eu achei

Embora isso não dê para ver na foto, bem de pertinho o cabelo ficou com um tom ficou meio esverdeado (principalmente perto das raízes, onde havia menos tinta).

Cobriu o vermelho, mas não totalmente. O cabelo continuou avermelhado.

A vantagem é que não estragou nem um pouco os cabelos.

Sinceramente, não gostei da cor final, achei estranha, puxando para o verde. Por isso logo em seguida usei o Dekap Color, como mostrei no post Clareando cabelos tingidos com Dekap Color. Posso dizer que o Dekap Color abriu bem mais a cor do que o loiro mate.

Em resumo, o loiro mate diminuiu a intensidade do vermelho, mas não tirou totalmente a cor.

Deixe seu comentário!

Batom vermelho atrai os homens? Veja algumas dicas de make

A Universidade de Manchester, na Inglaterra, realizou uma pesquisa com 50 participantes, e analisou o tempo que cada um gastava observando fotografias de mulheres com diferentes cores nos lábios. O resultado foi uma média de 7,3 segundos para os vermelhos, contra 6,7 para os rosas e apenas 2,2 para aquelas sem batom nenhum.

Isso não significa que os homens gostem do batom vermelho, apenas que a atenção deles se voltaram por mais tempo para as mulheres que usavam essa cor de batom. Ou seja, se você quer chamar a atenção de algum gatinho use o batom vermelho, mas se já conquistou verifique antes se ele gosta, pois a maioria não gosta de beijar uma menina com batom vermelho, por motivos óbvios né.

Se você gostou da ideia e quer usar o batom vermelho, veja algumas dicas para maquiagem usando ele.

Quando se usa batom vermelho, ele deve ser o foco da maquiagem, por isso o ideal é que o restante do rosto esteja mais suave, para a maquiagem não ficar com muita informação.

Na minha opinião o make perfeito é: batom vermelho + delineador de gatinho + cílios postiços, claro que com uma pele bem feita. Com essa maquiagem você não vai atrair só os olhares dos homens, mas de todos.

Para ficar ainda mais legal, pode-se marcar o côncavo do olho com uma sombra escura.

Se quiser também usar uma sombra, o marrom e o dourado são ótimas opções:

Agora se você é mais ousada e quer uma maquiagem para arrasar, o famoso “boca tudo, olho tudo” não é proibido, ele geralmente é evitado por ter mais chances de dar errado, deixando o visual muito pesado. Mas sabendo como usar ele fica lindo.

Independentemente do que os homens gostam, ou se sintam atraídos, devemos usar aquilo que gostamos né. Então, se você gosta de batom vermelho use sem medo que vai ficar linda.

Beijos!

Deixe seu comentário!

Como cuidar dos cabelos elásticos

Os cabelos elásticos são um drama pelo qual muita gente já passou (inclusive eu). Resolvi fazer esse post para dar o máximo de informação para quem está sofrendo com esse problema. Quanto mais a gente entende sobre o cabelo elástico, mais pode fazer para melhorá-lo.

O que é cabelo elástico?

O fio de cabelo elástico é aquele que estica muito mais do que um fio de cabelo normal.

Embora se chame “cabelo elástico”, o cabelo com esse problema não parece nada com o elástico de roupas que conhecemos. Isso porque o elástico estica e encolhe, vai e volta, e o cabelo elástico não consegue voltar: ele quebra.

O que aconteceu?

A primeira coisa que a gente pensa quando vai pentear o cabelo e percebe que está esticando demais é: o que deu errado?

Quem está com o cabelo elástico fez alguma química que se mostrou incompatível com o cabelo.

A química nem precisa ter sido tão forte. Pode ter sido uma química mais fraca, mas que seus fios não aguentaram.

É por isso que o ideal é sempre fazer um teste de mecha antes (deixar o produto em uma mecha e só passar no cabelo todo 48 horas depois). Mas, sabemos que é raro as mulheres fazerem isso. O dano, então, pode acontecer.

Para entender melhor, veja a estrutura do fio de cabelo:

estrutura do fio22Quando o cabelo sofre um processo de química, essa cutícula fica danificada (vista num microscópio, lembra uma escama de peixe).

Mas quando o cabelo está elástico, significa que o dano ultrapassou a cutícula e foi para o interior do fio. Além disso, a situação da cutícula é muito grave, pois ela está muito aberta. É por isso que é bem mais difícil curar um cabelo elástico.

E agora, o que fazer?

Se você está com os cabelos elásticos, o importante é: como resolver esse problema? É isso que eu quero mostrar agora.

Use shampoo e condicionador específico

Esse não é o momento de economizar: procure uma loja de cosméticos, preferencialmente de uso profissional, e compre um ótimo conjunto de shampoo e condicionador para cabelos quimicamente tratados.

Não penteie molhado

O fio de cabelo elástico fica molinho, e, quando penteado molhado, arrebenta. Tente não usar secador (ou só frio) e espere secar totalmente para pentear, se for possível.

Use um creme hidratante sem enxágue

Os cremes hidratantes sem enxágue são como um leave-in, mas um pouco mais potentes. Passe nos cabelos úmidos, sem encostar na raiz, e deixe o cabelo secar naturalmente.

Hidrate semanalmente

É bom fazer hidratações poderosas, com produtos de ótima qualidade, ao menos uma vez por semana.

No entanto, o excesso de hidratação não vai resolver, podendo deixar o cabelo grudento. Por isso uma vez por semana é a quantidade ideal e adequada.

Não se desespere

Sei que essa dica parece meio sem sentido, mas, se você está com o cabelo elástico, sabe que a gente fica desesperada para achar uma solução.

Nessa hora, o melhor é ter calma, esperar um pouco e não correr para cortar o cabelo.

É difícil ficar com o cabelo tão danificado, pois a gente não tem vontade de sair de casa. Mas precisamos estudar, trabalhar etc.

Uma ideia é prender o cabelo em um coque e tentar fazer suas atividades normalmente. Enquanto isso, você vai tratando o cabelo, até que ele melhore.

Cauterização

Esse é um bom momento para fazer uma cauterização capilar em um salão de beleza. A cauterização sela um pouco as cutículas do fio, diminuindo a elasticidade.

Cortar ou não cortar?

Como falei no item acima, não acho que ninguém deve radicalizar e cortar o cabelo curto, só porque ficou com ele elástico.

Mas, esse é o momento para cortar um ou dois centímetros das pontas. Se seu cabelo está elástico, é provável que as pontas estejam tão danificadas que jamais vão se recuperar.

Corte as pontas e espere um mês. Vá tratando os cabelos enquanto isso, hidratando e cauterizando. Depois desse tempo, você verá que o cabelo se recuperou bastante e, se for preciso cortar, não será tanto quanto você imaginava anteriormente.

Evite ao máximo uma nova química

Essa dica deveria ser: nunca coloque química em cabelo elástico, mas há casos em que é necessário. Talvez o cabelo esteja com uma cor tão horrível (justamente por causa da química anterior) que será preciso corrigir. Nessa hora, todo cuidado é pouco: um corte químico pode acabar com seu cabelo. Usar um shampoo colorante, sem amônia, pode ser a melhor opção.

Tenha paciência – o problema tem solução

Essa é a dica mais importante. Espere, vá com calma. O dano está feito, mas tem solução. Cuide, invista em bons produtos, use o cabelo preso por um tempo. Dois ou três meses é o tempo para o cabelo estar com uma qualidade bem melhor. Pode ter certeza: seu cabelo vai melhorar.

Deixe seu comentário!

Um mês sem usar condicionador

Depois de fazer o post falando sobre lavar os cabelos com condicionador, lembrei de uma experiência que fiz há alguns meses. Na época, pensei em fazer um post, mas acabei esquecendo, e só agora a ideia voltou. A experiência foi: um mês sem usar condicionador.

um mes sem condicionador

Não foi uma experiência bem planejada, não. Na verdade, um belo dia eu decidi que não passaria condicionador nos cabelos, só para ver como ficava. Para minha surpresa, gostei do resultado. O cabelo ficou mais leve e a oleosidade diminuiu. Também ficava mais fácil para secar o cabelo, principalmente as pontas, que secavam mais rápido no secador.

Então, se um dia sem condicionador deu tão certo, por que não testar por mais tempo? No total, foi aproximadamente um mês só lavando com shampoo. Eu até usava um reparador de pontas às vezes, mas nada de condicionador.

Mas o resultado que tive não foi nada positivo. Eu comecei a sentir meu cabelo mais seco nas pontas, e não havia finalizador que desse jeito. Até que fui ao salão para tirar as pontas, e a cabeleireira achou que o estrago estava grande demais. Não deu para tirar só as pontinhas como sempre faço. Ao invés disso, foram uns 3 centímetros de cabelo.

Então, vocês podem me perguntar: por que você não voltou antes a usar o condicionador? Sinceramente, não percebi o estrago. Fiquei só concentrada na melhora que tinha trazido para as raízes, no fato que eu podia passar mais tempo sem lavar os cabelos. Não prestei atenção no dano nas pontas. O ressecamento das pontas foi vindo bem devagar, não associei imediatamente à falta do condicionador. Eu estava sempre secando com o secador, então o estrago não estava tão visível. Só mesmo pegando nas pontas era possível ver o dano.

Por isso, essa é minha opinião final quanto a lavar os cabelos sem condicionador: nada bom, não faço nunca mais! É claro que isso pode variar muito para cada pessoa, mas acho que só quem tem cabelo curto pode abrir mão do condicionador sem danificar os cabelos.

1 Comentário, deixe o seu!

Benefícios do chiclete para a beleza

Como gosto muito de mascar chicletes, resolvi pesquisar um pouco sobre ele. Será que o chiclete estaria fazendo mal para minha saúde? Mas, para minha surpresa, encontrei inúmeros benefícios que o chiclete pode proporcionar. Veja alguns:

mascar chiclete benefícios

PREVINE AS CÁRIES

Mascar chiclete estimula a produção de saliva. Isso diminui a acidez na boca. E, quando a acidez diminui, menos provável surgirem as cáries.

DIMINUIÇÃO DO STRESS

Uma pesquisa realizada na Universidade Swinburne, na Austrália, descobriu que mascar chicletes diminui o stress. Foram medidos os níveis de cortisol – o hormônio do stress – presentes na saliva de quem mascava chicletes, e constatou-se que o nível do cortisol ficou até 16% mais baixo do que antes.

emagrecimento

Essa é ótima, não é mesmo? Mas também vem de uma pesquisa científica, realizada pela Universidade do Estado da Louisiana, nos EUA. Mascar chicletes entre as refeições diminuía a vontade de comer, principalmente doces, o que fez com que os participantes reduzissem a quantidade de lanchinhos durante o dia. Quando dá aquela vontade de comer um doce, mascar um chiclete pode fazer essa vontade passar.

Estimula a memória

Esse benefício não está relacionado à beleza, mas achei muito interessante, então vou falar sobre ele também. Segundo uma pesquisa realizada na Universidade St. Lawrence, nos Estados Unidos, pessoas que mascaram chicletes antes de uma prova se saíram melhor do que as que não mascaram. Quem mascou chiclete por cinco minutos antes da prova acertou entre 25% e 50% a mais do que os outros (era uma prova de memorização). Só que quem mascou chiclete durante a prova não apresentou melhoras. A ideia é que mascar chicletes “aquece” o cérebro, pois estimula a circulação sanguínea, mas ficar mascando durante a prova faz com que o cérebro tenha uma ocupação a mais, o que acaba não ajudando. Interessante, não é mesmo?

Ah, antes que eu esqueça, todos esses benefício só foram constatados em chicletes sem açúcar! Então, podemos mascar chiclete sem medo, pois, além de não fazer mal para saúde, ainda traz alguns benefícios para a beleza.

Deixe seu comentário!

Página 3 de 512345