Go to Top
Posts Recentes
glicopan pet id
cama-baú-id
Pill Food - id
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
zasłonka_szafa_garderoba_kokopelia_-32

Dicas para quem tem alopécia areata

Esse post eu resolvi fazer por causa de muitos emails que tenho recebido, de pessoas que têm alopécia areata, pedindo ajuda com esse problema.

dicas-alopecia-areata-moda-democratica

No post que fiz do Pantogar, comentei que já tive alopécia areata, mas que não tenho queda acentuada há muito tempo. Então, as pessoa começaram a me perguntar: como sua queda parou???

Gente, vou ser bem franca com vocês: não sei dizer exatamente o que fez com que a queda decorrente da alopécia acabasse.

Mas, por causa da alopécia, eu li muitos livros de autoajuda, além de livros religiosos, e acho que tudo acabou ajudando um pouco.

Por isso, considero a melhor dica de todas: regule o nível do seu stress, da sua ansiedade, encontre um caminho espiritual e um sentido para sua vida, e a alopécia provavelmente irá melhorar.

O difícil da alopécia é que, se a gente já estava estressada antes, a queda de cabelo é um fator que estressa ainda mais. Então o melhor é procurar ajuda para controlar o lado emocional.

ajuda na internet

Também acho muito importante compartilhar o problema, conhecer pessoas que passam pelas mesmas dificuldades em virtude da doença.

Hoje em dia podemos fazer isso por meio da Internet. Por isso, selecionei dois sites que achei bem legais sobre o assunto, e que podem servir de apoio no tratamento. Se você conhece outros, compartilhe com a gente.

O fórum abaixo é muito interessante, em português, e lá você vai encontrar o depoimento de muita gente com alopécia:

http://www.alert-online.com/br/forum/topics/alopecia-areata

Já o site abaixo é em inglês. É um site que vale muito a pena, tem muita informação de qualidade, novidades sobre tratamentos e histórias de pessoas que passaram (ou ainda passam) pelo problema:

http://www.naaf.org

Eu posso dizer a vocês que não me sinto totalmente curada. A alopécia não tem cura, e, quando eu fico muito estressada, sinto que meu cabelo começa a cair mais em uma região.

Acho que eu aprendi a controlar o stress, e agora faço tudo que posso para não entrar num nível alto de ansiedade, pois sei que, se isso acontecer, a queda pode voltar.

Mas, é muito importante dizer que não é só o stress que causa a alopécia. Alergia, seja a alimentos ou medicamentos, podem estar agravando a queda.

monitore seu dia

Quem tem alopécia precisa prestar atenção no que come, no que fez no dia, pois, assim, pode monitorar a queda. Por exemplo, num dia em que a queda foi acentuada, você fez algo de diferente?

Acima de tudo, é preciso pedir ajuda. Grupos de apoio, psicólogos, amigos, religiosos; enfim, procure uma pessoa em que você possa confiar e compartilhe seu problema.

Espero sinceramente que essas informações possam ajudar, ao menos um pouco, a todos aqueles que hoje sofrem na luta contra a alopécia areata.

23 Comentários, deixe o seu!

5 ALIMENTOS QUE FORTALECEM OS CABELOS

A queda de cabelo ou o seu enfraquecimento é um problema muito comum e pode se dar por inúmeros motivos, inclusive por uma alimentação errada. Hoje vou mostrar quais alimentos não podem faltar para se ter cabelos fortes e saudáveis.

  • Carne Vermelha

As vegetarianas não vão gostar de saber disso, mas a carne vermelha é um ótimo auxiliar no fortalecimento dos cabelos.

É rica em proteínas que estimulam o crescimento e o fortalecimento dos cabelos.

A falta de ferro pode causar calvície, especialmente em mulheres, desânimo e fraqueza.

Possui potássio que ajuda na hidratação do cabelo.

Tem enxofre, que ajuda na formação de queratina, proteína que estrutura e encorpa o cabelo.

Possui zinco que estimula o crescimento dos fios e reduz a oleosidade.

A carência de vitamina H, presente na carne vermelha, aumenta a queda de cabelo.

Mas afinal qual seria a melhor carne para fortalecer os cabelos? O Fígado.

Tenho certeza que muita gente fez cara feia agora, eu particularmente gosto bastante, mas a maioria das pessoas detestam. Mas porque ele é tão bom?

Além do que já foi dito, o Fígado possui cobre que ajuda no crescimento e na pigmentação dos cabelos.

Tem vitamina A e carotenóides que reduzem a oleosidade excessiva do couro cabeludo; melhoram a elasticidade do fio e regulam a multiplicação celular.

E a vitamina B12 presente no fígado combate a anemia, um dos fatores que causam a queda capilar.

  • Ovo

Assim como a carne vermelha possui: proteínas; ferro; enxofre; zinco; vitamina H; vitamina B12vitamina A e carotenóides.

  • Peixe

Principalmente o salmão e a sardinha, são ricos em óleos bons (Ômega 3, Ômega 6, etc.) que hidratam e dão força e brilho aos fios.

Possui vitamina H.

Vitamina F (ácidos graxos essenciais), cuja carência causa a desorganização no processo de queratinização do couro cabeludo, propiciando o aparecimento da caspa e deixando o fio mais fino e frágil.

vitamina E que previne o aparecimento dos radicais livres, melhora a circulação no couro cabeludo e auxilia na formação de um novo cabelo.

  • Grãos Integrais

São exemplos de grãos integrais são: trigo em grão, milho (incluindo pipoca), arroz integral, arroz selvagem, cevada, centeio, quinoa em grão, amaranto, aveia, entre outros.

Possuem: potássiovitamina H; vitamina E e magnésio, vital para a renovação celular. Um alimento que também é incrível para a renovação celular é o germe de trigo, sobre o qual já falamos aqui.

  • Azeite de Oliva

De que adianta ter um cabelo forte se ele for opaco e seco? Para restaurar o brilho de seus cabelos basta consumir uma colher de chá diariamente de azeite de oliva (de boa qualidade).

Ele restaura a emulsão protetora do fio, garantindo sua penteabilidade e a homogeneidade. Tem ação antioxidante, nutritiva e regeneradora.

Possui: vitamina F e vitamina E.

E além de ingerir você pode aproveitar e fazer uma hidratação nos cabelos com o azeite de oliva, como ensinamos aqui.

Algumas vezes só a mudança na alimentação não é suficiente para fortalecer os fios, para casos mais sérios existem remédios, como o Pantogar (já falamos dele nesse post), mas é sempre bom ir a um médico antes de tomar qualquer remédio.

Beijos!

2 Comentários, deixe o seu!

Teste: umectação (hidratação) capilar noturna com azeite de oliva

A umectação capilar é uma hidratação nos cabelos feita com óleo vegetal.

Nesse post, você saberá tudo o que é preciso para fazer uma umectação capilar, e também se os resultados dessa técnica são mesmo positivos.

A ESCOLHA DO ÓLEO

Para fazer a umectação capilar, antes de mais nada é preciso escolher o óleo que você vai aplicar nos cabelos.

Não é qualquer óleo que pode ser aplicado, apenas óleo vegetal. Não use se for óleo mineral (geralmente esses óleos possuem em seus ingredientes a inscrição mineral oil).

Além disso, precisa ser um óleo de qualidade. Procure na embalagem a inscrição “extração à frio”, o que significa que o óleo foi extraído apenas apertando o fruto ou a semente, sem usar calor. Os três melhores óleos para aplicar nos cabelos são:

Óleo de argan;

Óleo de coco;

Azeite de oliva extra virgem (foi o que eu usei).

Depois de escolher o óleo, você já está pronta para a aplicação. Então, veja como fazer:

PASSO A PASSO

o óleo pode estar frio ou levemente aquecido. Eu usei frio, pois fiquei com medo de esquentar demais, mas você pode optar por esquentar ou não o óleo, só cuidado para não aquecer muito;

passe o óleo mecha por mecha, nos cabelos secos. É importante passar longe das raízes, com pelo menos uns dois centímetros de distância, para não deixar o cabelo oleoso;

prenda os cabelos coloque uma touca plástica ao redor, para evitar fazer sujeira;

deixe o tempo que você achar necessário ou tiver disponível (para maiores detalhes, leia o item abaixo “tempo de aplicação”);

lave os cabelos com shampoo e condicionador, esfregando bem para sair todo o produto.

TEMPO DE APLICAÇÃO

Se você estiver sem tempo, pode deixar uma hora nos cabelos e lavar. Isso já vai hidratar um pouco os cabelos.

No entanto, para uma hidratação mais profunda, o ideal é fazer a umectação noturna, deixando o óleo nos cabelos a noite toda, de 12 a 14 horas agindo.

Passei o óleo no início da noite, por volta das 8 horas, e lavei 9 da manhã.

ALGUNS DETALHES ADICIONAIS

Primeiro, é importante dizer que não fez nem metade da sujeira que eu imaginava. Meu cabelo absorveu bastante o óleo, não ficou escorrendo.

O cheiro é meio estranho de início, mas eu passei um perfume e logo tinha esquecido que estava com o cabelo cheirando a azeite de oliva.

Precisei de menos de uma xícara (chá) de óleo para passar por todo cabelo.

RESULTADO

Foi um pouco difícil de tirar, tive que esfregar bem com o shampoo.

O cabelo ficou bem macio e hidratado, muito gostoso mesmo.

Achei um resultado excelente, e pretendo fazer novamente. Mas, da próxima vez, vou testar com óleo de coco, que eu acredito que tenha um cheirinho mais agradável.

Quando eu experimentar a umectação com óleo de coco, faço um novo post, com uma comparação entre as duas.

Não é tão prático quanto um produto industrializado. Existem produtos, como a já testada Ampola 3 Minutos Milagrosos Pantene, que dá bons resultados sem tanto trabalho.

Mas a umectação com óleo de oliva foi aprovada. Ela proporcionou uma hidratação capilar profunda e com um produto que quase todo mundo tem em casa.

6 Comentários, deixe o seu!

Teste: Pantogar funciona? Engorda? É bom para alopecia areata?

Pantogar funciona? E ele engorda? Melhora a alopecia areata? Nesse post, vou falar sobre a minha experiência com esse produto tão conhecido.

Pantogar é um suplemento vitamínico muito conhecido por ser excelente para os cabelos. É esse aqui:

É um produto caro: uma caixa para um mês custa  em média R$ 160,00.

Para facilitar, vou falar sobre cada aspecto do produto em separado. Vejam só:

PANTOGAR É BOM PARA OS CABELOS? FUNCIONA MESMO?

Sim. Após apenas duas semanas de uso meus cabelos já estavam com um brilho e vitalidade diferentes, a ponto de as pessoas me perguntarem o que eu estava fazendo. Se o resultado foi visível em tão pouco tempo de uso, imagine depois de alguns meses.

É um resultado muito superior ao do colágeno hidrolizado. Apesar de ambos possuírem propostas diferentes, o colágeno também dá uma melhorada nos cabelos. Se quiser ver o resultado que tive tomando colágeno hidrolizado, clique aqui).

PANTOGAR ENGORDA?

Ele, em si, não. Ele não tem calorias.  Mas ele acaba nos fazendo engordar.

É difícil explicar, mas ele dá uma fome imensa. Parece que nenhuma comida é suficiente. Por isso, engordei um quilo já na primeira semana.

Já vi muita gente falando que Pantogar dá fome, e sempre achei que fosse uma fome fácil controlar. Mas não foi.

Se você for tomar, pense que terá que ter muito mais autocontrole com a comida nesse período.

PANTOGAR E ALOPECIA AREATA

O principal motivo para eu estar escrevendo este post é que eu tenho um histórico de alopecia areata. E eu testei o produto principalmente para dar um feedback às pessoas que também têm esse problema.

Para quem não conhece, alopecia areata é uma queda de cabelo de causas desconhecidas, que faz o cabelo cair em áreas circulares.

Já vi na internet depoimento de pessoas que tinham alopecia e disseram que o Pantogar melhorou o problema. Para mim, o efeito foi contrário.

Não tinha nenhuma queda de cabelo em decorrência da alopecia há muitos anos. No entanto, o Pantogar pareceu “despertar” a alopecia, e acabou causando o início de quedas de cabelo.

Gente, quero deixar claro aqui que isso não é culpa do fabricante do Pantogar! Está bem avisado na bula que ele não resolve casos de alopecia. Eu tentei usá-lo apenas por ver pessoas dizendo que melhoraram a alopecia com Pantogar. Ora, se alguns melhoraram, eu pensei que para mim, que nem com queda estava, seria ótimo! Infelizmente não foi.

Achei importante escrever esse post para todas aquelas pessoas que, tendo alopecia, estão tomando Pantogar. É bom saber que ele próprio pode estar piorando a doença.

leia também: Dicas para quem tem alopécia areata

PANTOGAR X INNEOV NUTRI CARE

Já que não pude prosseguir com o uso do Pantogar, resolvi tentar o Inneov Nutri Care. Eu falo em detalhes a respeito do Inneov nesse post. Mas vou aproveitar e fazer um comparativo entre os dois aqui.

Eu senti uma melhora muito grande dos meus cabelos usando o Pantogar. O Inneov não tem efeitos tão visíveis. Demora bem mais para fazer efeito, e não deixou os cabelos tão bons nem com alguns meses de uso.

Apesar disso, prossegui por algum tempo com o uso do Inneov, já que ele não interferiu no meu problema de alopécia. E também tive um resultado bem positivo que não vi com o Pantogar: uma diminuição acentuada da queda.

Quem tiver problemas com peso, melhor usar o Inneov, pois ele não aumenta o apetite.

RESUMO

Por ter alopecia, não tive uma boa experiência com Pantogar. Tomei menos de um mês e não pude continuar. No entanto, é bem visível que ele melhora os cabelos. Se você conseguir tomar sem engordar, terá um resultado excelente!

Update: é bom lembrar que o problema de queda de cabelo pode ser causado por uma alimentação inadequada. A falta de determinados nutrientes pode estar causando a queda. Por isso, fizemos um post falando sobre os principais alimentos que auxiliam no fortalecimento capilar, veja:

By Silvia

99 Comentários, deixe o seu!

Página 3 de 3123