Go to Top
Posts Recentes
glicopan pet id
cama-baú-id
Pill Food - id
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
zasłonka_szafa_garderoba_kokopelia_-32

Hidratação capilar em casa com efeito de salão

Oi! Sabem, existem alguns passos que fazem a hidratação caseira ter um resultado muito melhor, ficando parecida com a que a gente faz no salão. Pequenas mudanças que fazem toda a diferença.

lavar-cabelo-condicionador

Fiz muita química no meu cabelo ultimamente (usei tinta matte para tirar o vermelho, depois passei Dekap Color, e depois tingi). Meu cabelo ficou frágil e, como não quero cortar, estou hidratando bastante em casa, complementando com cauterizações no salão.

Para dar uma potencializada na hidratação caseira, tenho seguido os seguintes passos:

Lavar o cabelo antes

Passar o creme no cabelo seco faz com que o hidratante não penetre tão bem na fibra. É melhor lavar primeiro (com um shampoo antirresíduos de preferência) e depois aplicar o hidratante, pois, assim, abrimos as escamas do cabelo para o creme entrar na fibra.

Misturar um potencializador no hidratante capilar

Pode ser algo como óleo de argan (meu preferido atualmente), Semi di Lino ou Bepantol Solução. Muitas vezes coloco óleo de argan e Bepantol no creme, e gosto bastante do resultado.

Tirar o excesso de água com uma toalha

Aplicar o hidratante por cima do cabelo encharcado impede a absorção correta do creme pelos fios. O melhor, então, é retirar o excesso de água antes para depois passar o hidratante.

Passar o hidratante de acordo com as instruções

Sempre é bom deixar o tempo previsto, nem mais nem menos, usar touca térmica se necessário etc.

Enxaguar bem e depois usar condicionador

Achei isso meio estranho, afinal, para que condicionador se o cabelo já foi hidratado? Mas realmente é bom. Ao usar o condicionador vejo que o fio fica mais brilhante, o acabamento é melhor.

Evitar o excesso de calor

Depois de uma hidratação, não é bom abusar do calor, pois o calor tira um pouco do hidratante que acabou de entrar no fio de cabelo. Se você precisa do secador ou da chapinha, uma opção é usar um creme cauterizador antes, só para manter ainda mais o cabelo brilhante e macio.

Como viram, são dicas simples, mas que melhoram bem os efeitos da hidratação capilar em casa.

Beijos!

Deixe seu comentário!

Teste: umectação (hidratação) capilar noturna com azeite de oliva

A umectação capilar é uma hidratação nos cabelos feita com óleo vegetal.

Nesse post, você saberá tudo o que é preciso para fazer uma umectação capilar, e também se os resultados dessa técnica são mesmo positivos.

A ESCOLHA DO ÓLEO

Para fazer a umectação capilar, antes de mais nada é preciso escolher o óleo que você vai aplicar nos cabelos.

Não é qualquer óleo que pode ser aplicado, apenas óleo vegetal. Não use se for óleo mineral (geralmente esses óleos possuem em seus ingredientes a inscrição mineral oil).

Além disso, precisa ser um óleo de qualidade. Procure na embalagem a inscrição “extração à frio”, o que significa que o óleo foi extraído apenas apertando o fruto ou a semente, sem usar calor. Os três melhores óleos para aplicar nos cabelos são:

Óleo de argan;

Óleo de coco;

Azeite de oliva extra virgem (foi o que eu usei).

Depois de escolher o óleo, você já está pronta para a aplicação. Então, veja como fazer:

PASSO A PASSO

o óleo pode estar frio ou levemente aquecido. Eu usei frio, pois fiquei com medo de esquentar demais, mas você pode optar por esquentar ou não o óleo, só cuidado para não aquecer muito;

passe o óleo mecha por mecha, nos cabelos secos. É importante passar longe das raízes, com pelo menos uns dois centímetros de distância, para não deixar o cabelo oleoso;

prenda os cabelos coloque uma touca plástica ao redor, para evitar fazer sujeira;

deixe o tempo que você achar necessário ou tiver disponível (para maiores detalhes, leia o item abaixo “tempo de aplicação”);

lave os cabelos com shampoo e condicionador, esfregando bem para sair todo o produto.

TEMPO DE APLICAÇÃO

Se você estiver sem tempo, pode deixar uma hora nos cabelos e lavar. Isso já vai hidratar um pouco os cabelos.

No entanto, para uma hidratação mais profunda, o ideal é fazer a umectação noturna, deixando o óleo nos cabelos a noite toda, de 12 a 14 horas agindo.

Passei o óleo no início da noite, por volta das 8 horas, e lavei 9 da manhã.

ALGUNS DETALHES ADICIONAIS

Primeiro, é importante dizer que não fez nem metade da sujeira que eu imaginava. Meu cabelo absorveu bastante o óleo, não ficou escorrendo.

O cheiro é meio estranho de início, mas eu passei um perfume e logo tinha esquecido que estava com o cabelo cheirando a azeite de oliva.

Precisei de menos de uma xícara (chá) de óleo para passar por todo cabelo.

RESULTADO

Foi um pouco difícil de tirar, tive que esfregar bem com o shampoo.

O cabelo ficou bem macio e hidratado, muito gostoso mesmo.

Achei um resultado excelente, e pretendo fazer novamente. Mas, da próxima vez, vou testar com óleo de coco, que eu acredito que tenha um cheirinho mais agradável.

Quando eu experimentar a umectação com óleo de coco, faço um novo post, com uma comparação entre as duas.

Não é tão prático quanto um produto industrializado. Existem produtos, como a já testada Ampola 3 Minutos Milagrosos Pantene, que dá bons resultados sem tanto trabalho.

Mas a umectação com óleo de oliva foi aprovada. Ela proporcionou uma hidratação capilar profunda e com um produto que quase todo mundo tem em casa.

6 Comentários, deixe o seu!