Go to Top
Posts Recentes
glicopan pet id
cama-baú-id
Pill Food - id
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
zasłonka_szafa_garderoba_kokopelia_-32

Batom vermelho atrai os homens? Veja algumas dicas de make

A Universidade de Manchester, na Inglaterra, realizou uma pesquisa com 50 participantes, e analisou o tempo que cada um gastava observando fotografias de mulheres com diferentes cores nos lábios. O resultado foi uma média de 7,3 segundos para os vermelhos, contra 6,7 para os rosas e apenas 2,2 para aquelas sem batom nenhum.

Isso não significa que os homens gostem do batom vermelho, apenas que a atenção deles se voltaram por mais tempo para as mulheres que usavam essa cor de batom. Ou seja, se você quer chamar a atenção de algum gatinho use o batom vermelho, mas se já conquistou verifique antes se ele gosta, pois a maioria não gosta de beijar uma menina com batom vermelho, por motivos óbvios né.

Se você gostou da ideia e quer usar o batom vermelho, veja algumas dicas para maquiagem usando ele.

Quando se usa batom vermelho, ele deve ser o foco da maquiagem, por isso o ideal é que o restante do rosto esteja mais suave, para a maquiagem não ficar com muita informação.

Na minha opinião o make perfeito é: batom vermelho + delineador de gatinho + cílios postiços, claro que com uma pele bem feita. Com essa maquiagem você não vai atrair só os olhares dos homens, mas de todos.

Para ficar ainda mais legal, pode-se marcar o côncavo do olho com uma sombra escura.

Se quiser também usar uma sombra, o marrom e o dourado são ótimas opções:

Agora se você é mais ousada e quer uma maquiagem para arrasar, o famoso “boca tudo, olho tudo” não é proibido, ele geralmente é evitado por ter mais chances de dar errado, deixando o visual muito pesado. Mas sabendo como usar ele fica lindo.

Independentemente do que os homens gostam, ou se sintam atraídos, devemos usar aquilo que gostamos né. Então, se você gosta de batom vermelho use sem medo que vai ficar linda.

Beijos!

Deixe seu comentário!

Bepantol solução para os cabelos

Veja, nesse post, como o Bepantol Solução pode ser usado para você ter cabelos mais bonitos.

bepantol-solucao-derma-moda-democratica

Nós já falamos do uso geral do Bepantol Solução aqui. No entanto, existem formas mais específicas de usar o Bepantol líquido nos cabelos. Para falar mais sobre isso, resolvi fazer um post dedicado ao uso do Bepantol nos cabelos.

1) NO SHAMPOO

Muita gente diz que colocar uma tampa de Bepantol líquido no shampoo diminui a queda dos cabelos. Resolvi fazer o teste.

Eu coloquei uma tampa de Bepantol no meu Shampoo Johnson’s Baby e usei até o fim. Não sei se precisava ter mais tempo para perceber os resultados, mas não vi uma diferença na queda.

Acho que o cabelo ficou mais hidratado, mas acho que acabou deixando o cabelo mais oleoso. Por isso, usei só um frasco de shampoo com Bepantol e parei.

2) NA RAIZ DOS CABELOS

Também é possível passar Bepantol na raiz dos cabelos para hidratar as raízes. O Bepantol é bom principalmente para pessoas com descamação, ressecamento ou coceira no couro cabeludo.

Eu fiz isso com um algodão , e não foi tão fácil hidratar todas as raízes, principalmente aquelas que ficam na parte de trás da cabeça.

Eu passei com os cabelos úmidos, o Bepantol secou e ficou ótimo. Mas fiz poucas vezes, e percebi o couro cabeludo mais hidratado.

3) BORRIFANDO PELOS CABELOS

Essa eu inventei (aposto que já tem gente que falou disso na internet, mas, como eu não vi, considero que inventei :)).

Coloquei um pouquinho de Bepantol num borrifador e, quando os cabelos estavam com uma aparência meio ressecada, eu borrifava o Bepantol do meio para as pontas.

Eu adorei o resultado! O cabelo ficava com um brilho bem legal, e menos pesado do que se eu usasse um óleo para pontas. Essa é a maneira de usar Bepantol nos cabelos que mais me agradou.

4) PARA BANHO DE BRILHO NOS CABELOS

Se você quer aumentar os efeitos do seu creme para hidratação, então pode colocar uma tampa (ou menos) de Bepantol líquido, misturar bem e aplicar nos cabelos.

Você pode também colocar duas colheres de sopa de açúcar na sua mistura de Bepantol e creme, para melhores resultados.

O açúcar, além de funcionar como esfoliante, tem efeito cicatrizante. Assim ele é indicado para melhorar a saúde do couro cabeludo.

Mas, nas vezes que fiz banho de brilho com tinta, percebi que colocar Bepantol na mistura faz com que a tinta fixe menos. Nesse caso, melhor não usar.

Quem já testou outro uso para o Bepantol Solução, conte para nós o resultado! Beijos!

Deixe seu comentário!

Guia de cuidados para cabelos ruivos

Eu uso os cabelos tingidos de vermelho há muitos anos. Por causa disso, já pesquisei muito sobre cabelos ruivos, como pintar, como retocar, como fazer com que a tinta dure mais tempo etc.

guia cabelos ruivos

Então resolvi fazer um mini guia de cuidados com os cabelos ruivos, reunindo e organizando as principais dicas para facilitar a vida de quem tinge ou está pensando em tingir os cabelos de vermelho. Vamos lá?

1) antes de pintar: escolhendo a cor

É bom a gente saber bem o que quer antes de ir ao cabeleireiro e dizer que quer os cabelos vermelhos. Existem muitos tons de vermelho, do mais aberto ao mais fechado, e pode ser que o resultado que você espera seja difícil de conseguir por causa de sua cor original.

Se você tem cabelos escuros, não vai conseguir esse tom de ruivo claro da Marina Ruy Barbosa sem, antes, descolorir os cabelos.

cabelo ruivo claro

Não é impossível, mas vai dar mais trabalho e estragar mais os fios, pois a descoloração prévia é fundamental. Essa cor é mais facilmente alcançada por quem tem cabelos loiros.

Para aquelas com cabelos naturalmente castanhos, é melhor tentar tingir como esse da Dulce María, assim vai ser bem mais fácil.

cabelo ruivo escuro

Como tenho cabelos castanhos, essa é minha opção. Eu já falei aqui no blog sobre as tintas que uso para pintar meus cabelos, se você tiver curiosidade confira clicando aqui.

2) manutenção

Eu não quero ser chata nem desanimar ninguém, mas, caso você esteja lendo esse post com a intenção de pintar seus cabelos de ruivo, saiba que a manutenção dos cabelos vermelhos é bastante trabalhosa. Quem já tem os cabelos vermelhos sabe disso muito bem.

A tinta vermelha tem uma característica diferente das demais: ela continua a sair a cada lavagem. Não é só nas primeiras vezes que você vai lavar os cabelos e ver um pouco de espuma vermelha. Dez, quinze lavagens depois, a espuma do shampoo ainda é um pouco rosada.

Isso faz com que a tinta vermelha desbote muito rápido. Aquele vermelhão intenso que a gente consegue no dia da tintura não dura mais do que duas ou três lavagens. Isso leva a outro assunto: lavar os cabelos todos os dias. Em princípio, isso não é algo que danifique o cabelo. Mas é um hábito que acaba com a tinta vermelha, pois faz com que ela fique desbotada rápido demais.

Para manter os cabelos vermelhos por mais tempo, use shampoos próprios para cabelos tingidos. Nunca, jamais use shampoo antirresíduos, a não ser que vá pintar os cabelos em seguida. Você pode também usar o shampoo Johnson’s Baby, que é bem indicado para cabelos tingidos de vermelho, conforme falamos nesse post.

Outra dica valiosa é fazer um banho de brilho a cada quinze dias. Para conferir a receita do banho de brilho com tinta e ver as fotos do antes e depois basta clicar aqui. O banho de brilho com tinta restaura um pouco da cor original, e, como não estraga os cabelos, é uma boa opção entre uma tintura e outra.

3) retoque de raiz

o cabelo vermelho também exige um cuidado especial na hora de retocar a raiz. É que ele tem um problema bem próprio: quando usamos a mesma tinta na raiz e no comprimento, a tendência é que a raiz fique mais clara do que as pontas.

Isso acontece por que o calor da raiz, somado ao fato de ser um cabelo “virgem”, acentua o pigmento vermelho. As pontas já foram pintadas várias vezes, então é mais difícil fazer a cor pegar.

Para não ter esse problema, você pode usar um pouco de tinta preta na mistura que usar para pintar a raiz. Mas só faça isso se seu tom de vermelho for escuro, como o da Dulce María na foto acima. Se quiser mais detalhes sobre esse procedimento, leia esse post.

Apesar do trabalho que dá, admito que sou fã incondicional de cabelos vermelhos. Acho lindo, e, mesmo que um dia eu deixe de ser ruiva (quem sabe?) nunca vou deixar de admirar essa cor de cabelo.

Caso ainda tenha ficado alguma dúvida, é só deixar um comentário para nós! Beijos!

Deixe seu comentário!

Cinco coisas que você precisa para ter um blog

Há alguns dias o blog Moda Democrática completou um aninho :). Comecei a escrever esse post pensando em contar para vocês um pouco do que foi um ano de blog. No entanto, a coisa foi indo e se tornou uma lista sobre o que é preciso para manter um blog.

escrever blog

Primeiro, preciso dizer que o ano passou muito rápido, e escrever para o blog foi uma das coisas mais legais que fizeram parte da minha vida. Então, para você que pensa em começar um blog, seja de moda ou qualquer outro assunto, ou que já tem um e está na dúvida se continua ou não com ele, aqui vai uma lista com cinco coisas que acho que são fundamentais para ter (e manter) um blog:

1) persistência

Na vida, para qualquer projeto, é preciso dar um tempo para as coisas acontecerem. E com um blog não é diferente. Às vezes pensamos que basta escrevermos alguns textos e pronto, o blog já vai ter milhares de acessos por dia. Mas não é assim que funciona: tem que ter conteúdo de qualidade para que os acessos aumentem, e o aumento é gradual.

É preciso saber que os acessos sobem e descem. O número de page views pode variar bastante de um mês para outro. Isso é algo que acontece com todos os blogs, não é nenhuma surpresa. Mas a gente sempre fica esperando que os acessos aumentem a cada dia, e é importante não se deixar abalar se algum dia as coisas não estiverem tão bem. Depois de um tempo, a gente fica surpresa em ver a quantidade de gente que entrou no blog em um dia, é muito gratificante.

2) gostar de escrever/falar/tirar fotos

Hoje existem basicamente três tipos de blogs: alguns possuem mais textos, outros mais fotos e alguns ainda têm muitos vídeos. Seja o que for que você escolha para ser a informação predominante de seu blog, que seja algo que você goste de fazer.

Eu adoro escrever e tirar fotos (mais escrever do que fotografar) e, por isso, tem sido muito agradável estar sempre colocando novos posts no blog.

3) escrever sobre algo que lhe agrade

Por escrever, mais uma vez, entenda-se escrever/falar/tirar fotos. Eu e minha irmã (outra autora do blog) sempre estamos falando, lendo e procurando novidades de moda e beleza. Fazer um blog sobre esse assunto foi natural. Mesmo assim, alguns dias ficamos sem assunto, com a impressão de que já falamos tudo. Felizmente, essa é uma impressão que passa rapidinho, e no dia seguinte já estamos com um monte de ideias de posts.

4) entender de informática

Essa parte pode ser meio chata para muita gente (certamente foi para nós). Você precisa entender um pouco de hospedagem, carregamento de imagens etc. Ia falar sobre isso nesse post, mas é muita coisa, então um dia faço um post só para isso. Nós aprendemos muito sobre isso, e também contamos com alguns profissionais para nos auxiliar. Acho que o esforço valeu a pena, pois estamos bem contentes com a aparência do blog. Mas, estamos sempre aprendendo, procurando novas técnicas para o blog ficar mais rápido e bonito.

5) não pensar em resultado financeiro

Sei que muita gente já começa um blog pensando em ganhar dinheiro (ou maquiagens, ou roupas) com ele. Se esse é seu objetivo, sugiro que pense duas vezes.

Muitos sites falam em “monetarizar” o seu blog, mas penso que esse não deve ser o objetivo principal. Interagir com as leitoras e falar de assuntos que nos interessam são os reais motivos que nos fazem continuar com todo o amor com o Moda Democrática. O dinheiro vem, mas não é o motivo pelo qual a gente senta todo dia no computador e escreve para vocês. O motivo é a alegria de escrever e falar do que a gente gosta, ponto final.

2 Comentários, deixe o seu!

Dicas para quem tem alopécia areata

Esse post eu resolvi fazer por causa de muitos emails que tenho recebido, de pessoas que têm alopécia areata, pedindo ajuda com esse problema.

dicas-alopecia-areata-moda-democratica

No post que fiz do Pantogar, comentei que já tive alopécia areata, mas que não tenho queda acentuada há muito tempo. Então, as pessoa começaram a me perguntar: como sua queda parou???

Gente, vou ser bem franca com vocês: não sei dizer exatamente o que fez com que a queda decorrente da alopécia acabasse.

Mas, por causa da alopécia, eu li muitos livros de autoajuda, além de livros religiosos, e acho que tudo acabou ajudando um pouco.

Por isso, considero a melhor dica de todas: regule o nível do seu stress, da sua ansiedade, encontre um caminho espiritual e um sentido para sua vida, e a alopécia provavelmente irá melhorar.

O difícil da alopécia é que, se a gente já estava estressada antes, a queda de cabelo é um fator que estressa ainda mais. Então o melhor é procurar ajuda para controlar o lado emocional.

ajuda na internet

Também acho muito importante compartilhar o problema, conhecer pessoas que passam pelas mesmas dificuldades em virtude da doença.

Hoje em dia podemos fazer isso por meio da Internet. Por isso, selecionei dois sites que achei bem legais sobre o assunto, e que podem servir de apoio no tratamento. Se você conhece outros, compartilhe com a gente.

O fórum abaixo é muito interessante, em português, e lá você vai encontrar o depoimento de muita gente com alopécia:

http://www.alert-online.com/br/forum/topics/alopecia-areata

Já o site abaixo é em inglês. É um site que vale muito a pena, tem muita informação de qualidade, novidades sobre tratamentos e histórias de pessoas que passaram (ou ainda passam) pelo problema:

http://www.naaf.org

Eu posso dizer a vocês que não me sinto totalmente curada. A alopécia não tem cura, e, quando eu fico muito estressada, sinto que meu cabelo começa a cair mais em uma região.

Acho que eu aprendi a controlar o stress, e agora faço tudo que posso para não entrar num nível alto de ansiedade, pois sei que, se isso acontecer, a queda pode voltar.

Mas, é muito importante dizer que não é só o stress que causa a alopécia. Alergia, seja a alimentos ou medicamentos, podem estar agravando a queda.

monitore seu dia

Quem tem alopécia precisa prestar atenção no que come, no que fez no dia, pois, assim, pode monitorar a queda. Por exemplo, num dia em que a queda foi acentuada, você fez algo de diferente?

Acima de tudo, é preciso pedir ajuda. Grupos de apoio, psicólogos, amigos, religiosos; enfim, procure uma pessoa em que você possa confiar e compartilhe seu problema.

Espero sinceramente que essas informações possam ajudar, ao menos um pouco, a todos aqueles que hoje sofrem na luta contra a alopécia areata.

23 Comentários, deixe o seu!

Página 1 de 212